Escreveram os ilustres fundadores:
A República do Direito - Associação Jurídica de Coimbra é uma associação de direito privado visando a reflexão sobre os problemas da Justiça.

Preocupados com os problemas do direito na República e as dificuldades actuais na Justiça em Portugal, propuseram-se os fundadores da República do Direito abrir um espaço para a sua discussão e reflexão.

A República do Direito - Associação Jurídica de Coimbra é uma associação de direito privado aberta à participação de todos os interessados pelos problemas da justiça e, particularmente, de todos os que exercem a sua actividade no estudo e aplicação do Direito.

Coimbra, 23 de Maio de 2000”


Volvidos 17 anos podemos acrescentar que a República do Direito – Associação Jurídica de Coimbra foi constituída nos inícios deste século, tendo entre os seus fundadores ilustres Professores de Direito, Magistrados Judiciais, Magistrados do Ministério Público, Advogados e outros cidadãos de reconhecido prestígio e visa um debate livre e aberto dos temas do Direito e dos temas da República, com vista a um debate mais informado, mais aberto e transparente sobre as grandes questões da atualidade nacional e internacional.

Temos contado entre os nossos convidados com Presidentes do Tribunal Constitucional, Presidentes do Supremo Tribunal de Justiça, outros Magistrados nos mais nobres areópagos da justiça, como Tribunal Europeu dos Direitos Humanos o Tribunal de Justiça, bem como Procuradores Gerais da República, vários Ministros da Justiça e ilustres pensadores do mundo do Direito, da Cultura e da Sociedade.

Ao longo dos últimos anos temos reforçado a cooperação outras instituições académicas, jurídicas e culturais, em especial da região de Coimbra.