A Liderança na Atividade Judiciária

A crescente sofisticação da criminalidade moderna levanta novos problemas e desafios aos sistemas de justiça[...]

RDDRDD
Fevereiro 5, 2015 - 00:48
Setembro 30, 2022 - 00:49
 0
A Liderança na Atividade Judiciária

No dia 26 de Fevereiro de 2015 pelas 20H00 - Quinta das Lágrimas, Coimbra, terá lugar um Jantar-Debate Tema: “A Liderança na Atividade Judiciária
 
Com o Senhor Procurador-geral Adjunto, Dr. Amadeu Guerra, Diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP)
 
Caras e Caros Repúblicos.


A crescente sofisticação da criminalidade moderna levanta novos problemas e desafios aos sistemas de justiça, principalmente às estruturas institucionais de combate ao crime complexo e organizado.
Sabendo-se que esses sistemas e estruturas, via de regra, não se conseguem adaptar tão rapidamente às mudanças empreendidas pelos avanços criminais, surge a necessidade de lançar mão de conceitos como liderança, estratégia e equipa para dotar as organizações que combatem esse tipo de criminalidade de meios para responder àquilo que é esperado de si.
Atuando num quadro de escassez de recursos, prazos legais e demonstração de resultados, torna-se necessário extrair o mais possível desses recursos, podendo emergir, então, o Ministério Público e os seus responsáveis como líderes e inovadores na forma como os sistemas de justiça criminais se adaptam e lidam com a criminalidade mais complexa e socialmente danosa.
O Departamento Central de Investigação e Ação Penal assume, assim, como estrutura essencial do Ministério Público para esse combate, um papel primordial nessa adaptação, sendo que as “políticas” tradicionais, organizações, estratégias e práticas do passado podem ter de ser revistas por insuficientes e ineficazes para o futuro.
Estruturas horizontais ou verticais, isoladas ou em equipas são todas escolhas para modelos organizativos neste âmbito, assumindo a liderança, numa acepção gestionária, uma importância vital nos resultados que se pretendem obter e na accountability de uma estrutura democrática e pública.

Convidamos assim todos os associados da República do Direito para este evento, contando com a presença do Exmo. Sr. Procurador-Geral Adjunto Amadeu Guerra, que nos falará sobre a liderança numa estrutura como o DCIAP.
Este jantar-debate é reservado aos associados da República do Direito e seus convidados.
 
Coimbra, 5 de Fevereiro de 2015
 
 
A Direção,

André Gonçalo Dias Pereira – Presidente – (Professor universitário)
Vice-Presidente – Fernando Gomes – Vice-Presidente – (Médico)
Conceição Carvalho – Tesoureiro – (Advogada)
Júlio Barbosa e Silva – Vogal – (Procurador-adjunto)
Rodrigo Pereira da Costa – Secretário – (Juiz de Direito)
 
Inscrições para cdb@fd.uc.pt até ao dia 23 de fevereiro de 2015

RDD República do Direito, Associação Jurídica de Coimbra constituída nos inícios deste século, tendo entre os seus fundadores ilustres Professores de Direito, Magistrados Judiciais, Magistrados do Ministério Público, Advogados e outros cidadãos de reconhecido prestígio.